0800 777 2050
(34)
(34)99982-0644
(34)98400-8040
(34)99214-8470
(34)99870-1035(EMERGÊNCIA)
Ok
Vida Nova
Série Crescimento Espiritual - Vol. 7 - Hebreus: 13 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
veja mais fotos
Série Crescimento Espiritual - Vol. 7 - Hebreus: 13 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Série Crescimento Espiritual - Vol. 7 - Hebreus: 13 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Série Crescimento Espiritual - Vol. 7 - Hebreus: 13 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Série Crescimento Espiritual - Vol. 7 - Hebreus: 13 Estudos Para Desenvolvimento Individual ou em Grupo
Autor (es):
De: R$ 16,20
Por 3 x de:
R$ 4,80
ou em ate 6x no cartão
Às vezes somos tentados a nos perguntar: "Qual é o propósito da vida cristã?"
Como cristãos, trabalhamos, trabalhamos e, às vezes, parece que não vale a pena. Foi isso que os leitores contemporâneos da carta aos Hebreus sentiram, mesmo assim o autor dessa carta os anima a continuar na corrida e nunca desistir para que possam alcançar a linha de chegada pelo poder de Jesus Cristo. Por intermédio destes estudos em Hebreus, você também encontrará o encorajamento que precisa para continuar a corrida da fé.
Páginas: 64
Peso: 0.072
Tamanho: 14 x 21
Edição: 2009
Volume: 1
isbn: 978-85-88315-88-4
Ano Lançamento: 2009


Às vezes somos tentados a nos perguntar: “Qual é o propósito da vida cristã?” 


Como cristãos, trabalhamos, trabalhamos e, às vezes, parece que não vale a pena. Foi isso que os leitores contemporâneos da carta aos Hebreus sentiram, mesmo assim o autor dessa carta os anima a continuar na corrida e nunca desistir para que possam alcançar a linha de chegada pelo poder de Jesus Cristo. Por intermédio destes estudos em Hebreus, você também encontrará o encorajamento que precisa para continuar a corrida da fé.




Introdução




Obtendo o máximo de Hebreus


Um missionário veterano e, outrora maratonista de prova olímpica, escreveu o seguinte a um amigo que estava lutando com o sofrimento de uma terrível crise pessoal:"Nesta corrida... subitamente dei um soco em um galho de uma árvore e... o soco quase me derrubou... Essa crise afastou-me da corrida, paralisou-me. De alguma forma, recuei, vacilante na pista e tropecei... Lembro-me de que cheguei a uma conclusão muito   clara. Precisava continuar correndo, mesmo se eu estivesse bastante afastado. Não podia desistir. Portanto, continuei correndo. Venci a corrida... Não importa a dificuldade, o golpe, precisamos continuar a corrida. Deus nos conduzirá à vitória que o glorificará". A expressão: "Não importa... o golpe, precisamos continuar a corrida" representa o tema da carta aos Hebreus que intitulo de Corrida rumo à glória. O autor de Hebreus declara essa verdade de forma explícita: "Corramos com perseverança a corrida que nos é proposta" (12.1). Por toda a carta, o autor enfatiza esse tema para os leitores contemporâneos - que terminassem triunfantemente a corrida da fé gloriosa com Jesus Cristo. "Por isso é preciso que prestemos maior atenção ao que temos ouvido, para que jamais nos desviemos" (2.1). "Visto que nos foi deixada a promessa de entrarmos no descanso de Deus, que nenhum de vocês pense que falhou" (4.1). "Portanto, deixemos os ensinos elementares a respeito de Cristo e avancemos para a maturidade" (6.1), exorta o autor. "Queremos que cada um de vocês mostre essa mesma prontidão até o fim, para que tenham a plena certeza da esperança" (6.11).Depois de convincentemente mostrar como Jesus Cristo supre todas as nossas necessidades, o escritor de Hebreus exclama: "Sendo assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé [...]. Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel" (10.22,23). "Por isso,não abram mão da confiança que vocês têm [...]. Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu" (10.35,36). O autor dedica um capítulo inteiro (11) para conduzir os leitores às histórias dos grandes heróis que terminaram a corrida rumo à glória,pessoas como Moisés, Abraão, Noé, Jacó e José. Essas testemunhas são convocadas a inspirar-nos a seguir adiante na nossa corrida da fé. Um amigo meu gosta de brincar que, quando chegar ao céu, procurará saber quem escreveu a carta aos Hebreus. A carta não contém o nome do autor, por essa razão eruditos pesquisam e especulam a respeito de seus possíveis autores. Nessa lista, incluídos estão: Paulo, Silas, Tito, Marcos, Clemente, Lucas, Áquila, Priscila e Barnabé. Se você indagasse a opinião desses eruditos sobre os prováveis autores de Hebreus, Lucas, Barnabé e Apolo seriam os mais preferidos. De qualquer forma, independentemente de quem seja o autor, ele ou ela conhecia os hebreus muito bem.


Matricule-se Agora!
Selecione os cursos de sua opção:
Ao preencher este formulário declaro que li e concordo com a Política de privacidade e o contrato de prestação de serviço deste Web Site.