0800 777 2050
(34)
(34)99982-0644
(34)98400-8040
(34)99214-8470
(34)99870-1035(EMERGÊNCIA)
Ok
Vida Nova
Pedro, Estevão, Tiago e João: Estudos do Cristianismo Não-paulino
veja mais fotos
Pedro, Estevão, Tiago e João: Estudos do Cristianismo Não-paulino
Pedro, Estevão, Tiago e João: Estudos do Cristianismo Não-paulino
Pedro, Estevão, Tiago e João: Estudos do Cristianismo Não-paulino
Pedro, Estevão, Tiago e João: Estudos do Cristianismo Não-paulino
Autor (es):
De: R$ 34,02
Por 3 x de:
R$ 10,08
ou em ate 6x no cartão
Neste estudo resumido, porém erudito, F. F. Bruce se propõe elucidar quatro movimentos que aconteceram logo no início da igreja. Cada um deles está identificado com um líder: Pedro, Estevão, Tiago e João. Este livro suplementa o livro de Paulo: o apóstolo da graça.
Páginas: 144
Peso: 0.185
Tamanho: 14 x 21
Edição: 2005
Volume: 1
isbn: 85-88315-36-X
Ano Lançamento: 2005

Neste estudo resumido, porém erudito, F. F. Bruce se propõe elucidar quatro movimentos que aconteceram logo no início da igreja. Cada um deles está identificado com um líder: Pedro, Estevão, Tiago e João. Este livro suplementa o livro de Paulo: o apóstolo da graça.





Sumário


Prefácio ....................................................................................7


Introdução ................................................................................9


Capítulo 1 Pedro e os onze .........................................................11


1. Líder dos doze. ......................................................................11


2. O que aconteceu aos outros? ...................................................13


3. “Para conhecer Cefas” .............................................................15


4. Os atos de Pedro ....................................................................17


5. Concílio de Jerusalém ..............................................................21


6. Confronto em Antioquia ...........................................................24


7. O ministério mais amplo de Pedro ............................................28


8. Antioquia, Corinto e Roma .......................................................31


9.“Sobre esta pedra” ..................................................................35


Notas ........................................................................................37


Capítulo 2


Estêvão e outros helênicos...........................................................43


1. Helênicos na igreja de Jerusalém..............................................43


2. Estêvão e seus ensinamentos .................................................45


3. A Dispersão Helênica .............................................................49


4. A igreja de Antioquia ..............................................................52


5. A Carta de “Barnabé” .............................................................53


6. Apolo de Alexandria................................................................55


7.O início do cristianismo em Alexandria ......................................60


8. A proposição Galiléia .............................................................64


9. A Carta aos Hebreus ..............................................................66


10. Reflexões Finais ..................................................................70


Notas .......................................................................................73


Capítulo 3


Tiago e a Igreja de Jerusalém ....................................................79


1. Os irmãos do Senhor .............................................................79


2. Tiago desenvolve sua liderança ..............................................82


3. Exegese bíblica do Concílio de Jerusalém .................................84


4. Depois do Concílio .................................................................87


5. As ofertas dos gregos.............................................................90


6. Os últimos dias de Tiago .......................................................97


7. Acontecimentos posteriores ....................................................100


Notas ......................................................................................105


Capítulo 4


João e seu círculo .....................................................................111


1. Os vestígios de João em Éfeso ...............................................111


2. João, o divino ......................................................................114


3. O testemunho de Policrato ....................................................115


4. O testemunho de Ireneu .......................................................117


5. O testemunho de Papias .......................................................118


6. O testemunho de Dionísio .....................................................124


7. O círculo Joanino ..................................................................125


8. Conclusão ...........................................................................132


Notas .....................................................................................135





Introdução







Em maio de 1959, quando fui convidado a me reunir com o Conselho encarregado de nomear alguém para a Cadeira de Crítica e Exegese Bíblica de Rylands, na Universidade de Manchester, o professor S. G. F. Brandon, já falecido, (à época deão da Faculdade de Teologia) perguntou-me em que área, ou áreas, de estudo bíblico eu gostaria de aprofundar minhas pesquisas. Mencionei que a história do cristianismo não-paulino no século I me atraía bastante, provavelmente por que eu havia começado a trabalhar em um comentário sobre a Carta aos Hebreus.Cumpri minha promessa de terminar a obra, e também escrevi um pequeno comentário sobre as Cartas de João.Contudo, nos vinte anos subseqüentes encontrei-me prestando cada vez mais atenção aos estudos de Paulo, com os quais continuo profundamente envolvido. Mesmo assim,estudar o cristianismo paulino exige que voltemos nossa atenção para o cristianismo não-paulino. Os escritos do apóstolo Paulo mostram claramente que outras apresentações da mensagem cristã eram correntes durante seu ministério apostólico. Algumas dessas apresentações satisfaziam bastante o apóstolo; no entanto, achou necessário advertir seus leitores a respeito de outras.As cartas de Paulo são os documentos cristãos mais antigos que temos em mãos. Como tais, são nossas fontes primárias de material para o estudo do cristianismo paulino e do não-paulino. Se isso significa que precisamos examinar,da perspectiva do apóstolo, fases importantes do cristianismo não-paulino e de seus líderes, que assim seja. Temos de aceitar a situação e agradecer o fato de que, no mínimo,podemos observar as coisas pelo mesmo ângulo de Paulo.De outro modo, saberíamos bem menos do que sabemos agora.Em segundo lugar de importância, junto com os escritos de Paulo, está Atos dos Apóstolos, trabalho posterior que apresenta uma adaptação, para não dizer fusão, do cristianismo paulino e várias formas do cristianismo não-paulino. Devem ser levados em consideração as evidências dos Evangelhos e o restante de documentos do Novo Testamento, além de outras literaturas sobre o cristianismo primitivo.O que estudaremos nas páginas seguintes não é a literatura e seus méritos, mas os líderes do cristianismo primitivo não-paulino e seus companheiros sobre os quais a literatura fornece evidências indispensáveis.


Matricule-se Agora!
Selecione os cursos de sua opção:
Ao preencher este formulário declaro que li e concordo com a Política de privacidade e o contrato de prestação de serviço deste Web Site.