0800 777 2050
(34)
(34)99982-0644
(34)98400-8040
(34)99214-8470
(34)99870-1035(EMERGÊNCIA)
Ok
Vida Nova
Justiça Social e a Interpretação da Bíblia - 2ª ed. -lançamento Ago/2013
veja mais fotos
Justiça Social e a Interpretação da Bíblia - 2ª ed. -lançamento Ago/2013
Justiça Social e a Interpretação da Bíblia - 2ª ed. -lançamento Ago/2013
Justiça Social e a Interpretação da Bíblia - 2ª ed. -lançamento Ago/2013
Justiça Social e a Interpretação da Bíblia - 2ª ed. -lançamento Ago/2013
Autor (es):
De: R$ 28,62
Por 3 x de:
R$ 8,48
ou em ate 6x no cartão
Diante da injustiça social, como devem agir o cristão e a igreja?
Por um lado, temos o exemplo dos profetas de Israel, que exigiram profundas mudanças socioeconômicas em favor dos necessitados. Por outro, vemos os leitores do Novo Testamento sendo encorajados a se submeterem às autoridades. Como conciliar essas duas perspectivas aparentemente antagônicas?
Ao responder a essas e outras questões, o Dr. Russell Shedd desafia diferentes discursos políticos com o testemunho da Palavra de Deus. Entre as conclusões mais importantes, destaca-se esta: a motivação para tratar com respeito o necessitado não surgirá principalmente da reestruturação da sociedade, mas sobretudo da transformação do coração das pessoas por meio de uma fé genuína em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo.
Páginas: 80
Peso: 0.085
Tamanho: 12 x 18
Edição: 2013
Volume: 1
isbn: 978-85-275-0021-0
Ano Lançamento: 2013

Diante da injustiça social, como devem agir o cristão e a igreja?
Por um lado, temos o exemplo dos profetas de Israel, que exigiram profundas mudanças socioeconômicas em favor dos necessitados. Por outro, vemos os leitores do Novo Testamento sendo encorajados a se submeterem às autoridades. Como conciliar essas duas perspectivas aparentemente antagônicas?
Ao responder a essas e outras questões, o Dr. Russell Shedd desafia diferentes discursos políticos com o testemunho da Palavra de Deus. Entre as conclusões mais importantes, destaca-se esta: a motivação para tratar com respeito o necessitado não surgirá principalmente da reestruturação da sociedade, mas sobretudo da transformação do coração das pessoas por meio de uma fé genuína em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo.



SUMÁRIO


Prefácio............................7


Introdução........................9


Razões para o envolvimento cristão nas questões de justiça social..................23


O significado da justiça social na Bíblia.........................................................27


A hermenêutica da teologia da libertação......................................................53


Conclusão..................................................................................................75






Introdução




Segundo Karl Barth, a função da teologia evangélica é formular uma pergunta concernente à verdade; em outras palavras, a tarefa do teólogo é inquirir se a igreja está compreendendo e comunicando (com sua palavra e sua vida) corretamente o evangelho. É possível crer na Bíblia de capa a capa e, mesmo assim, deixar de descobrir a verdade fundamental nela contida.Uma entrega ao Autor e Senhor da Bíblia, que produza transformação de vida, assim como uma submissão contínua ao Espírito Santo regenerador, o intérprete divino da Bíblia, são pré-condições essenciais para que os desafios da Escritura sejam ouvidos e atendidos. Não obstante, devemos precaver-nos do perigo de a cultura obscurecer nosso reconhecimento da vontade de Deus em sua Palavra revelada. A questão da justiça social apresenta exatamente este desafio. Os que se apegaram com maior tenacidade ao plano elevado da justiça social e a interpretação da bíblia inspiração bíblica frequentemente sufocaram as exigências divinas para que o povo de Deus exemplificasse sua profunda preocupação com a justiça. Isto é verdade, embora a justiça seja [...] uma das noções mais altamente respeitadas em nosso universo espiritual. Todos os homens — cristãos religiosos e incrédulos, tradicionalistas e revolucionários — invocam a justiça e nenhum deles ousa contradizê-la.A busca da justiça inspira as exprobações dos profetas hebreus e as reflexões dos filósofos gregos. Ela é invocada para proteger a ordem estabelecida, assim como para justificar a sua derrubada [...], um valor universal.


 


Matricule-se Agora!
Selecione os cursos de sua opção:
Ao preencher este formulário declaro que li e concordo com a Política de privacidade e o contrato de prestação de serviço deste Web Site.