0800 777 2050
(34)
(34)99982-0644
(34)98400-8040
(34)99214-8470
(34)99870-1035(EMERGÊNCIA)
Ok
Vida Nova
Dicionário de Paulo e Suas Cartas
veja mais fotos
Dicionário de Paulo e Suas Cartas
Dicionário de Paulo e Suas Cartas
Dicionário de Paulo e Suas Cartas
De: R$ 338,40
Por 3 x de:
R$ 100,27
ou em ate 6x no cartão
Em geral, os estudiosos concordam que o sentido fundamental da vida e do ministério de Paulo e seu legado à história subseqüente da Igreja se localizam em três setores de pesquisa: sua formação judeu-rabínica, o cenário de sua vida e de sua obra missionária no ambiente greco-romano e o ponto decisivo de seu pensamento e de sua vocação, quando se tornou apóstolo cristão.
Páginas: 1286
Peso: 1.540
Tamanho: 16 x 23
Edição: 2008
Volume: 1
isbn: 978-85-150-3476-5
Ano Lançamento: 2008

 


Em geral, os estudiosos concordam que o sentido fundamental da vida e do ministério de Paulo e seu legado à história subseqüente da Igreja se localizam em três setores de pesquisa: sua formação judeu-rabínica, o cenário de sua vida e de sua obra missionária no ambiente greco-romano e o ponto decisivo de seu pensamento e de sua vocação, quando se tornou apóstolo cristão.A equipe de ensaístas que contribuíram para esta obra baseia-se principalmente na nova avaliação da atitude de Paulo em relação à Lei, à Aliança e ao povo de Israel e transmite sua reação ao “novo modo de contemplar” o evangelho de Paulo de justiça pela fé e aos elementos de continuidade com a fé dos antepassados.




Introdução





1. A legitimidade de uma abordagem sociocientífica.A interpretação de Paulo e suas cartas é tarefa necessariamente histórica (embora de modo algum exclusivamente). O apóstolo Paulo foi personagem histórico. Como textos gregos antigos de forma epistolar identificável, as cartas*são artefatos humanos de um tempo e um lugar determinados da Antiguidade. Além disso, o conteúdo das cartas (inclusive as idéias, os acontecimentos, os problemas e as pessoas aos quais elas fazem referência), seu caráter altamente motivador e os leitores aos quais eram dirigidas, tudo atrai e justifica a análise histórica e histórico-literária. Isso não quer dizer que a verdade da qual Paulo e suas cartas dão testemunho restringe-se ao que o método histórico define. Isso limitaria de modo injustificável a autoridade do apostolado de Paulo e a verdade* de seu Evangelho* ao que pode ser determinado de acordo com os cânones da historiografia secular contemporânea — como se, por exemplo, a verdade da mensagem paulina a respeito de uma “nova criação”* por intermédio do Cristo* crucificado e ressuscitado fosse apenas uma questão da prova histórica para a crucifixão* e o túmulo vazio. Contudo, não há dúvida para os leitores modernos de Paulo de que a interpretação adequada de suas cartas e da teologia que expressam exige a perspectiva histórica que o método histórico almeja dar.


 


 

Matricule-se Agora!
Selecione os cursos de sua opção:
Ao preencher este formulário declaro que li e concordo com a Política de privacidade e o contrato de prestação de serviço deste Web Site.